Escolha uma Página

O vidro é composto basicamente por areia e outros minerais e pode ser trabalhado de diversas formas dando origem a uma quantidade enorme de variedades utilizadas na construção civil e decoração.

Diante da extensa aplicação surgiram diferentes tipos de vidro baseados na segurança, transparência, reflexão e estética.

Tipos de vidro mais populares do mercado

Vidro comum ou monolítico

O tipo de vidro mais comum é o monolítico float, desenvolvido em 1952 pela Pilkington. Ele pode ser liso ou laminado e serve de base para a fabricação de todos os outros tipos de vidro.

Seu sucesso e larga aplicação partem do fato de que o float possui durabilidade e uma grande gama de cores por um preço bem abaixo das outras variedades de vidro.

Temperado, Laminado e Aramado

O vidro temperado é aquele que passou por processos químicos ou térmicos a fim de aumentar sua resistência. Ele suporta cinco vezes mais danos que o vidro comum e quando é atingido se fragmenta em pedaços inofensivos pois são arredondados.

O Laminado é o tipo de vidro envelopado, ou seja, duas ou mais chapas de vidro são unidas por uma película que pode ser plástica ou de acrílico.

Ao ser quebrado os estilhaço ficam presos à película sendo extremamente seguro além de controlar o som, calor e raios ultravioletas que tente ultrapassá-lo.

O tipo de vidro aramado é considerado um vidro de segurança já que uma malha de metálica é incorporada a ele durante sua fabricação que também segura os fragmentos em caso de quebra.

Além de ser muito estético o vidro aramado proporciona resistência ao fogo, impedindo a passagem de fumaça e chamas para o ambiente.

Vidro Impresso

O popular vidro fantasia deriva de um processo de marcação em tiras de vidro enquanto ele ainda está em fundição. São diversos tipos de texturas, relevos e figuras que podem ser transferidas para as chapas mantendo a privacidade e a iluminação dos cômodos.

Vidro Jateado

O jateamento consiste no lançamento de grãos de areia com grande velocidade sobre o vidro. Esse tipo de vidro tem aparência fosca ou opaca e é ideal para que não haja visão do outro lado do cômodo dividido.

Ele torna o ambiente mais privado, mas com elegância já que é possível fazer recordes e até técnicas como a bisotê.

Vidro Serigrafado

O processo de serigrafia em vidros é semelhante a uma revelação fotográfica. O desenho ou imagem que se deseja estampar no vidro é gravado em uma tela e depois transferido por emissão luminosa.

Após ser aplicada a tinta que geralmente é esmalte cerâmico em qualquer tipo de vidro ele segue para o forno obtendo-se sua forma temperada muito resistente com transparência que varia de 0 a 100%.

Vidro Canelado

O vidro canelado é uma variação do vidro impresso, citado anteriormente. Nesse modelo o vidro é estirado, ou seja, alongado e as ondulações são formadas.

Ele promove maior privacidade assim como o jateado, mas com difusão de luz superior.

Como escolher o melhor tipo de vidro?

Primeiramente defina a finalidade do vidro, retenção solar, dividir ambientes ou até mesmo objeto de decoração, feito isso contate um profissional, ele saberá qual a espessura mais indicada e o tipo.

Esteja atento a locais que sofram exposição de vento e umidade já que nesses casos vidros mais espessos e resistentes atuam melhor.

Caso o vidro em questão não caiba em seu orçamento opte por adesivos que reproduzam o efeito ou cor desejada e aproveite as infinitas possibilidades do vidro.

Acesse nosso portal de vidraçaria e descubra quais empresas trabalham com Tipos de Vidros em BH